"A Uría Menéndez ofereceu-me a possibilidade de ir conhecer de perto o mundo em que vivem estes clientes e de passar um ano no nosso escritório de Londres, seguido de um período de quatro meses em Madrid"

José Maria Rodrigues

Asociado Principal

UM Londres y UM Madrid

Quando, anos atrás, terminei os meus estudos universitários tive, pouco tempo depois, o previlégio de receber um convite para ingressar na Uría Menéndez como advogado. Já sabia que este escritório realizava um investimento ímpar na formação dos seus advogados e conhecia o plano de carreira sólido, transparente e ambicioso oferecido nesta casa. A estas vantagens somava-se a presença internacional impressionante. Com todos estes fatores, não podia haver dúvidas de que a decisão certa era fazer parte deste grande escritório.

Desde o momento em que ingressei, ambicionei por uma experiência profisisonal no estrangeiro, que me desse a possibilidade de alargar os meus horizontes e de me fazer crescer pessoalmente e profissionalmente. Para quem se dedica às mesmas áreas de atividade como eu, é muito normal, na economia completamente globalizada em que estamos, que os nossos clientes ou outros intervenientes estejam no estrangeiro. A Uría Menéndez ofereceu-me a possibilidade de ir conhecer de perto o mundo em que vivem estes clientes e de passar um ano no nosso escritório de Londres, seguido de um período de quatro meses em Madrid.

Sinto-me mimado ao contar as condições que me foram dadas quando cheguei a Londres. O escritório instalou-me numa casa a 20 metros do Harrods e a 100 metros do Hyde Park (ou quase isso). Outros cinco minutos a pé e ao lado de casa encontravam-se o Victoria and Albert Museum e o Museum of Natural History, dois dos melhores museus da Europa. No nosso escritório de Londres, uma grande equipa deu-me as oportunidades necessárias para que a minha experiência fosse o mais rica possível. Trabalhei em assuntos complexos, com grande relevância e com grandes clientes. Para além disso, tive oportunidade de acompanhar de perto o trabalho de promoção do escritório e de participar em inúmeras atividades de networking. As viagens, as idas ao pub, os passeios, os almoços, os jantares, as longas noites de conversa com amigos e tudo o resto fizeram com que a experiência pessoal fosse tão gratificante quanto a profisisonal.

Regressado a Lisboa ao fim de um ano, recebi, pouco tempo depois, o desafio de aceitar uma missão especial: voltar a fazer as malas e deslocar-me quatro meses para Madrid, para trabalhar numa operação de M&A de grande complexidade, com um dos principais clientes do escritório. Chegado a Madrid, outra grande equipa fez-me sentir imediatamente em casa. Os períodos de trabalho exigentes tornaram-se fáceis graças ao trabalho de equipa e ao ambiente de trabalho, cumplicidade e camaradagem ímpares. Desde o primeiro momento, foi-me dada uma responsabilidade enorme, que encarei como uma oportunidade, e que me permitiu crescer muito. Para além disto, tive a oportunidade de frequentar um congresso de dois dias da International Bar Association em Barcelona, participar em eventos organizados pelo escritório com clientes e personalidades de relevo e, ainda, passar momentos de diversão com a minha equipa, conhecer os excelentes restaurantes de Madrid e aproveitar um pouco da movida madrilena. Tudo isto culminou com uma ida ao Brasil, para o fecho de uma parte desta operação em São Paulo, a que se seguiram uns merecidos dias de férias nas praias do Rio de Janeiro!

Por motivos profissionais, a minha mulher não se mudou comigo para o estrangeiro. Mas visitou-me se não todos, em muitos dos fins de semana. Para casais jovens, com a vida pela frente, um período como este proporciona memórias extraordinárias. Às memórias acrescem os amigos que fiz para a vida, dentro e fora do escritório, e de várias nacionalidades.

A minha experiência internacional na Uría Menéndez ultrapassou as minhas melhores expetativas e fez de mim uma pessoa melhor.

Testemunho de quando esteve em Londres (Janeiro 2018 - Dezembro2018) y Madrid (Janeiro 2019 - Maio 2019)